INFLUÊNCIA DO NÍVEL DE ENVOLVIMENTO DOS PAIS, MÃES E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS

INFLUÊNCIA DO NÍVEL DE ENVOLVIMENTO DOS PAIS, MÃES E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS

Segundo o estudo feito pela Facilidade-ICDS, no âmbito do TPC-Moçambique. A participação dos pais e encarregados de educação na vida escolar e nos processos de ensino e aprendizagem das crianças é em geral baixa. Este estudo apurou que a participação dos pais na resolução dos trabalhos para casa (TPC) é de 42 por cada 100, das mães é de 33 por cada 100 e de outros membros do agregado familiar é de 25 por cada 100.

Os dados deste estudo sugerem uma relação entre o envolvimento dos pais e os níveis de aprendizagem das crianças. Tomando como exemplo o desempenho das crianças em contagem e cálculo, nota-se que as crianças cujas mães, pais ou outros membros da família não ajudam a fazer o TPC estão sempre em maioria no nível “nenhum”, o mais baixo. Por outro lado, quando olhamos para o nível mais alto “resolução de problemas” as crianças cujas mães, pais ou outros membros da família ajudam a fazer o TPC são a maioria comparadas com aquelas que não têm essa ajuda. A criança cujos pais ou encarregados de educação ajudam a fazer o TPC tem maiores probabilidades de chegar ao nível mais alto de competências de contagem e cálculo do que aquela cujos pais não ajudam. 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

shares